Fisioterapia Pélvica na Gravidez

OP360º Mum & Baby

Fisioterapia Pélvica na Gravidez

A Fisioterapia Pélvica na gravidez visa cuidar do pavimento pélvico, tratar as suas disfunções durante a gravidez e preparar o pavimento pélvico e o corpo da mulher para o parto, uma vez que a pélvis é o primeiro berço do seu bebé.

As consultas e as sessões de acompanhamento são individuais, ajustadas e adequadas a cada grávida e às suas necessidades, pois acreditamos que todas as mulheres grávidas têm o direito de ter um papel ativo na sua gravidez, na preparação para o parto e no seu parto.

Porque devo tratar do meu Pavimento Pélvico na gravidez?

Na mulher, a gravidez e o tipo de parto, são as principais causas de disfunção do pavimento pélvico e consequentemente a principal causa de incontinência urinária e prolapsos (descida dos órgãos pélvicos). É muito importante a manutenção de um pavimento pélvico saudável e funcional durante a gravidez pois, a manutenção dessa função ao longo da gravidez, vai ajudar a minimizar o impacto da gravidez no pavimento pélvico (pelo aumento da pressão no mesmo pelo peso do bebé, pelas alterações hormonais e posturais que ocorrem neste período) e ajudar a prevenir a sua disfunção. Vai ter também um enorme impacto no parto e na saúde pélvica no pós-parto. Trabalhamos sobre o tratamento de alguma disfunção que já esteja instalada nesta fase (ex.: incontinência urinária), como sobre as estratégias de prevenção das disfunções pélvicas durante a gravidez e parto, independentemente do tipo de parto e exploramos as formas de ajudar no trabalho de parto e de facilitar o parto vaginal.

Nesta consulta são ainda abordadas as orientações para o pós-parto imediato e para sua recuperação pós-parto.

Que tratamentos pode encontrar na consulta de Fisioterapia Pélvica na Gravidez?

Nas disfunções do pavimento pélvico são utlizadas técnicas intravaginais, retais, reeducação postural e reeducação dos músculos do pavimento pélvico, para melhorar a sua função. A reeducação de hábitos comportamentais e de vida são fundamentais para o sucesso neste processo de reabilitação.

– Exercícios Perineais

A consciência dos músculos do pavimento pélvico, da sua capacidade, amplitude e força de contração, da sua capacidade de relaxamento e de coordenação, é de extrema importância durante a gravidez, pois ajuda a prevenir condições de disfunções do pavimento pélvico na gravidez e pós-parto, assim como ajuda no momento do parto. Estes exercícios visam melhorar a coordenação, força e relaxamento dos músculos e automatizar a sua resposta ao esforço, independentemente do tipo de parto. É realizada uma avaliação individual para que os exercícios sejam ajustados às necessidades de cada pavimento pélvico de cada mulher.

– Massagem Perineal

É importante flexibilizar esta musculatura, para parto vaginal, através da massagem perineal, a partir das 34 semanas, preparando-a para o grande estiramento que será sujeito durante a fase expulsiva do bebé no parto. A massagem perineal consiste numa massagem realizada na zona urogenital feminina. Não evita a episiotomia, pois esta depende de vários fatores, mas ajuda a preparar e a facilitar o caminho de saída do bebé e consequentemente a diminuir o trauma perineal.

– Exercícios Respiratórios

O saber respirar corretamente é muito importante em qualquer fase da vida, no entanto, e face às alterações que ocorrem no diafragma e na cavidade abdominal da mulher na gravidez, torna-se uma ferramenta fundamental. Não só durante a gravidez como no trabalho de parto e parto. No Parto não existe uma forma correta de respirar, no entanto, existem indicações e orientações fundamentais para essa fase. O diafragma está intimamente relacionado com o períneo e por isso o seu trabalho, associado a outras ferramentas, torna-se fundamental na saúde e trabalho do seu pavimento pélvico, assim como, para o seu bem-estar, autocontrolo e libertação de tensões corporais.

– Exercícios posturais, alongamentos e de consciência corporal

Durante a gravidez ocorrem alterações posturais e da consciência corporal da mulher gravida, que vem muitas vezes acompanhada de dor e desconforto e até de alguma ansiedade e stress. Através destes exercícios e com a ajuda da respiração, sem força ou sobrecarga externa, o objetivo é ganhar consciência postural e manter uma boa postura durante a gravidez e retirar tensão e aliviar, e até mesmo evitar, dor ou desconforto muscular e articular ao longo da gravidez.  Quanto maior consciência corporal a mulher grávida tiver, melhor ficará a conhecer o seu corpo, a ter controlo sobre ele e a conhecer toda sua potencialidade.

– Preparação para o trabalho de parto

A preparação para um trabalho de parto ativo, onde a mulher usa ativamente o seu corpo, por meio de movimentação livre, que vai ajudar no trabalho de parto e facilitar o parto.  Tem ainda como objetivo ajudar a mulher a conhecer-se, a conectar-se e relacionar-se com o seu corpo de modo a conhecer todo o seu potencial para gerar um filho e o ajudar a nascer de um modo saudável e com uma experiência positiva do parto e consequentemente do pós-parto. Trabalhamos sobre posturas para o trabalho de parto, exercícios de mobilidade pélvica, consciência corporal, alongamentos, massagem perineal e estratégias para o alívio da dor.

Saiba mais sobre o Cartão Super Mamã