Osteopatia no Pós-Parto

OP360º Mum & Baby

Osteopatia no Pós-Parto

No Pós-Parto o corpo da mulher tem dificuldade em voltar ao seu normal, assim a Osteopatia através de técnicas articulatórias, manipulativas, fasciais, entre outras, possibilita um reajuste e reequilíbrio do seu corpo. Destina-se a mulheres após 4 semanas do parto que apresentem sintomas como incontinência, dor articular, cefaleias, entre outras.

O pós-parto é sempre um período difícil para o corpo da mulher. Em poucas semanas o seu corpo perde grandes quantidades de líquido, altera a sua forma e sofre enormes variações hormonais.

Durante a gravidez, diafragmas, estômago, fígado, intestino, útero, bexiga, sacro, lombar/ coluna vertebral e todo o sistema vascular modificam o seu funcionamento adaptando-se ao crescimento do bebé.

São frequentes os casos em que no pós-parto o corpo da mulher tem dificuldade em voltar ao seu normal funcionamento. Para esses casos a Osteopatia pode ajudar.

Quando deve recorrer à consulta de Osteopatia Pós-Parto?

– Após 4 semanas do parto

– Cefaleias (dores de cabeça)

– Incontinência (urinária ou fecal)

– Dispareunia (dor durante as relações sexuais ou logo após o ato)

– Alterações digestivas

– Depressão

– Edema dos membros inferiores (pés inchados)

– Diástase abdominal

– Dores articulares (lombar, cervical etc.)